Frete grátis para todo o mundo para todos os itens

Anéis de prata esterlina e tipos de acabamentos

Quando falamos sobre anéis de prata, geralmente nos concentramos em seu simbolismo e significado. Mas e o design deles? Mais precisamente, seus acabamentos e técnicas de tratamento. Eles afetam fortemente a aparência do prata e a maneira como reage com o meio ambiente. Neste post, gostaríamos de mostrar alguns acabamentos populares de anel de prata esterlina e apontar seus prós (bem como possíveis contras).

Joias folheadas e revestidas

Todo mundo sabe como é prata. É esbranquiçado e, normalmente, macio ao toque. Porém, por meio de chapeamento e aplicações químicas, os joalheiros aprenderam a dar-lhe uma cor, textura e até propriedades diferentes. Graças a essas técnicas de tratamento de prata, podemos melhorar a capacidade de uso e prolongar a vida útil de seu anéis de prata esterlina.

Chapeamento de ouro

As joias folheadas a ouro carregam uma camada fina, normalmente de até 5 mícrons, de ouro 18K ou 14K em sua superfície. Você pode encontrar ligas com maior teor de ouro, mas elas são bastante raras. O tipo de ouro não desempenha nenhum papel - ouro amarelo, rosa e até mesmo branco é adequado para galvanoplastia.

Esses anéis são uma alternativa econômica às joias de ouro porque seu custo é muito mais baixo. Além de serem bonitas e quase indistinguíveis do ouro, as joias de prata folheadas a ouro são menos suscetíveis à oxidação e corrosão.

Como qualquer tipo de revestimento, um acabamento dourado pode desbotar e se desgastar com o uso. Nem é preciso dizer que você deve tratar suas joias com muito TLC. A melhor maneira de manter sua aparência original é removê-la antes de ir para a cama ou tomar banho, bem como ao trabalhar em casa e fazer exercícios. Mantenha-o longe de produtos para o corpo e para os cabelos, produtos químicos, sal, suor e outras substâncias que possam danificar o revestimento. Além disso, é uma ótima idéia manter os itens folheados a ouro separadamente em uma caixa de joias e não deixá-los tocar uns nos outros.

Banho de ródio

Este tipo de joalheria é semelhante ao folheado a ouro, mas em vez de ouro, apresenta ródio, um metal da família da platina.

O ródio dá ao produto um revestimento escuro ou branco - depende da cor dos eletrólitos de ródio. O ródio em seu estado natural é semelhante à prata na aparência, mas fornece um brilho mais brilhante e um acabamento mais liso.

Além das propriedades estéticas altamente apreciadas, o ródio oferece alguns benefícios físicos importantes:

- o banho de ródio protege a prata do embaciamento (ao contrário da prata, o ródio não reage com compostos de enxofre no ar);

- porque o ródio é mais duro que a prata, ele o protege de arranhões e arranhões.

Além disso, o ródio raramente causa reações alérgicas. Nem a prata pura, para ser franco, mas 100% Argentum é muito mole para ser usado na fabricação de joias. Em vez disso, os joalheiros utilizam ligas de prata que fundem prata pura com metais básicos. Se sua pele queimar e ficar vermelha depois de usar uma joia de prata, a culpa é dos metais básicos. Mas se você comprar itens de prata com revestimento de ródio, sua pele não entrará em contato com alérgenos em potencial e tudo ficará bem.

O ródio também tem suas desvantagens. Por ser um metal raro, aumenta visivelmente o custo dos anéis de prata. Além disso, alguns entusiastas da prata dizem que o brilho inerente ao ródio não parece natural e quase artificial. Finalmente, como a camada de ródio não é mais espessa do que alguns mícrons, ela acabará se desgastando, expondo um núcleo de prata. 

Rutênio

Mais um metal precioso do grupo da platina usado para galvanizar a prata é o rutênio. Ao contrário do ródio que vem em variações claras e escuras, o rutênio fornece apenas tons escuros que variam do cinza claro ao metal e até mesmo ao preto azeviche. Quando colocado na superfície prateada, oferece um apelo escuro de alta tecnologia.

O rutênio é um metal muito duro (na verdade, é o mais duro dos equivalentes de platina), portanto, é resistente a arranhões. Semelhante ao ródio, ele garante um acabamento liso e brilhante distinto que mantém seu brilho por muitos anos. Como o rutênio é quimicamente inativo, ele não reage com água, ar, enxofre ou outros produtos químicos. Portanto, você pode contar com ele para preservar a mesma cor cinza ou preto intenso que tinha no dia da compra.

O banho de rutênio é muito semelhante ao níquel preto no que diz respeito ao visual. No entanto, o revestimento de níquel é mais macio e parece mais grosso. Além disso, não é tão durável quanto o revestimento de metais preciosos.

Prata enegrecida

O enegrecimento é obtido pela aplicação de uma mistura de sulfetos de prata, cobre e enxofre na superfície dos anéis de prata. Depois de espalhar o Silver Black, um item vai para o forno quando o pó derrete em alta temperatura (mas não extremamente alto, pois pode danificar a própria prata). O composto derretido preenche cavidades, sulcos e outros elementos afundados. Quando um anel esfria, um joalheiro lustra as superfícies elevadas, deixando uma camada distinta de bronze fosco nas partes rebaixadas.

O escurecimento é aplicado apenas na superfície de anéis de prata, brincos, pingentes, etc. Se você raspar, verá a prata por baixo em sua cor branca regular. O escurecimento é um tratamento ideal para enfatizar o relevo e adicionar mais profundidade aos padrões esculpidos em joias de prata. É uma das mais antigas técnicas de tratamento da prata e é extremamente popular na produção de joias contemporâneas. Graças à adição de contrastes escuros, ele fornece detalhes atraentes e torna as gemas realmente pop.

Prata Oxidada

Outra forma de introduzir esse aspecto escuro atraente nas joias de prata é a oxidação. Simplificando, é um processo de embaciamento controlado e acelerado. Quando o embaçamento ocorre de forma natural, ele torna a superfície da prata irregular, opaca e pouco atraente. Mas quando a oxidação é introduzida, uma fina camada de sulfeto de potássio cobre a prata uniformemente. Como resultado, a prata adquire um acabamento fosco que a protege de futuras corrosões.

Do ponto de vista químico, o termo prata oxidada é incorreto. A prata não reage com o oxigênio, portanto, não oxida. O escurecimento ocorre como resultado de uma reação química com sulfetos. No entanto, o termo prata oxidada criou raízes na indústria joalheira e se refere à técnica de tratamento que descrevemos acima.

Enquanto a prata fascina com seu acabamento branco impecável, muitos fashionistas se encantam com o acabamento fosco oxidado esfumaçado. O grau de escurecimento artificial varia de cinza claro a preto de bronze. Além disso, com a introdução de corantes (geralmente, são compostos químicos de metais pesados), podemos obter um espectro completo de cores - vermelho, amarelo, verde, azul e qualquer cor que você desejar.

A beleza da oxidação da prata é que ela deixa um 'resíduo' escuro nos elementos côncavos do design. As peças convexas brancas são polidas e, portanto, apresentam um acabamento branco brilhante. Graças à justaposição de preto e branco, até as linhas mais finas se destacam.

A oxidação incolor, também chamada de passivação, fornece às joias de prata uma película transparente que evita o escurecimento. A passivação da prata garante que seus anéis retenham sua cor natural branca por muito tempo.

Embora a oxidação e a passivação evitem que a prata entre em reações químicas e perca sua aparência natural, elas não evitam danos mecânicos. Esses filmes são muito finos e você pode raspá-los com um pincel duro. Além disso, você precisa manter as joias com elementos oxidados longe dos removedores de manchas, pois eles também podem dissolver a camada decorativa.

Esmalte

Uma das técnicas de tratamento de superfície de prata mais elegantes e marcantes é o esmalte. O esmalte é uma fina camada de liga de vidro. É aplicado em produtos de prata e assado no forno. Sob a influência de altas temperaturas, ele se funde e se funde com a camada superior do metal. Normalmente, o esmalte fornece uma cortesia de cor vibrante profunda de metais oxidados. Por exemplo, o óxido de cobalto garante um acabamento azul, o verde é emprestado pelo óxido de cobre e o amarelo é o resultado de reações com o óxido de urânio. Ao mesmo tempo, você pode encontrar esmaltes transparentes que desempenham um papel de camada protetora para a prata. Eles não o deixam manchar por um lado e aumentar seu brilho por outro.

Existem alguns tipos de esmaltes dependendo da técnica de aplicação. Por exemplo, o esmalte cloisonne preenche os compartimentos feitos de arame ou tiras finas de metal. O esmalte Champlevé preenche reentrâncias na superfície de metais preciosos obtidos por gravação, estampagem ou ataque químico. O esmalte filigrana é uma combinação das técnicas cloisonné e champlevé.

A esmaltação é uma das técnicas mais antigas para enfeitar joias, acessórios e utensílios domésticos. Apesar de sua história centenária, ainda é popular entre joalheiros e consumidores. Os acabamentos brilhantes saturados oferecem enormes possibilidades para a criação de looks casuais e festivos.

Prata não revestida

A prata não precisa usar nenhum revestimento químico ou galvânico para ficar deslumbrante. Na maioria das vezes, ele aparece diante de nossos olhos como é. A prata não revestida tem uma cor clara e brilho moderado. Esse brilho pode ser realçado pelo polimento ou, inversamente, reduzido pela introdução de um acabamento fosco.

A prata é um metal hipoalergênico com propriedades antibacterianas pronunciadas. Como já identificamos, apenas os componentes da liga podem causar uma reação negativa. Portanto, você precisa escolher ligas de prata com o maior conteúdo do metal precioso.

A prata é recomendada para pessoas que sofrem de inflamações cutâneas induzidas por bactérias e outras condições. Além disso, as tradições de muitas culturas mundiais conferem à prata poderes mágicos. Para transferir essas propriedades a uma pessoa, a prata deve ter contato direto com o corpo. Se você também acredita que a prata é capaz de curar e proteger contra impactos negativos, sua escolha são as joias de prata sem revestimento.

A única desvantagem dessas peças de prata é que elas ficam manchadas com o tempo. Dito isso, você pode facilmente prata manchada limpa em casa usando água, sabão e produtos químicos domésticos.

Você não deve pensar que a prata comum não banhada é chata e pouco inspiradora. Existem várias maneiras de adicionar um toque interessante e refinar sua aparência.

Prata polida

A maneira mais óbvia de fazer a prata brilhar é polindo-a. Quando a joia é feita à mão, o ourives utiliza uma roda de polimento para remover qualquer imperfeição na superfície da prata. O produto final obtém um acabamento liso, quase espelhado. É claro que nada dura para sempre e esse acabamento vai embaçar com o tempo devido a arranhões finos e reações químicas. Mas se de vez em quando você levar seu anel precioso a um joalheiro para ser polido novamente, você pode facilmente manter seu brilho.

Acabamento prateado fosco

Esta técnica de tratamento de superfície de prata é o oposto completo do polimento. Você não poderá ver seu reflexo em prata fosca. Em vez disso, você pode se beneficiar de uma aparência texturizada com estilo. Para obter esse acabamento fosco, os joalheiros usam ferramentas rotativas, rodas de polimento e papéis de polimento que apresentam óxido de alumínio. Este material abrasivo deixa pequenas marcas que não deixam a luz refletir na prata.

Dependendo de uma técnica particular usada e da aparência obtida, um acabamento prata fosco pode ser dividido em três categorias:

Um acabamento acetinado é o mais suave. É feito de marcas tão minúsculas que você não poderá vê-las a olho nu. Sua superfície não parece áspera. Em vez disso, ele se assemelha a um espelho embaçado. O acabamento acetinado tem um aspecto nobre e elegante e garante melhor proteção contra arranhões do que o polimento.

A prata escovada propõe uma textura de traços sutis, porém visíveis. Se você olhar mais de perto, poderá ver pequenas marcas longas em sua superfície. Você pode até sentir essas pequenas ranhuras se passar o dedo sobre elas. Os anéis de prata escovada são ideais para uso diário porque as marcas já existentes mascaram com eficácia novos riscos.

Um acabamento jato de areia é um pouco semelhante ao cetim. A única diferença é que você pode realmente ver e sentir esses pequenos grãos. A superfície fica mais áspera e oferece uma textura atraente. 

Acabamento Martelado

Com um acabamento martelado (também conhecido como trabalhado), você pode se beneficiar de uma aparência divertida com covinhas. O método de martelar é especialmente difundido em anéis de prata masculinos para dar-lhes uma aparência crua e robusta.

Para criar esse acabamento distinto, um joalheiro usa um pequeno martelo e passa por todo o anel, deixando pequenas covinhas visíveis em sua superfície. Após a martelagem, um anel é fosco para suavizar as transições ou, vice-versa, polido para aumentar um efeito multirreflexo.

Acabamento pontilhado

Este tipo de acabamento também envolve um minúsculo martelo. No entanto, ao contrário das marcas arredondadas, ele deixa marcas. Esta textura pontilhada fica deslumbrante quando combinada com detalhes polidos ou pedras preciosas cintilantes.

Postagem mais antiga
Postagem
Fechar (esc)

Procurar

Carrinho de compras

O seu carrinho está vazio.
Aproveite já